Regente - Isabel Maria de Bragança

02/05/1826View on timeline

Isabel Maria de Bragança, nascida Isabel Maria da Conceição Joana Gualberta Ana Francisca de Assis Xavier de Paula de Alcântara Antónia Rafaela Micaela Gabriela Joaquina Gonzaga de Bragança e Bourbon (Lisboa, 4 de julho de 1801 — Lisboa, 22 de abril de 1876) foi infanta de Portugal. Serviu como regente do país por um período de quase dois anos.


Isabel Maria

Biografia

A infanta D.Isabel era a quarta filha mulher de D. João VI e da sua consorte, D. Carlota Joaquina de Bourbon.

Em 1808, com apenas sete anos de idade, D. Isabel Maria teve que partir com o resto da família real portuguesa para o Brasil, em função da invasão napoleónica em Portugal.

No dia 6 de março de 1826, D. João VI, já doente, nomeou uma regência presidida pela infanta D. Isabel Maria, de vinte e cinco anos, a qual vigoraria, mesmo com a morte do rei, até que o legítimo herdeiro e sucessor da Coroa aparecesse. Foi regente de Portugal até 26 de fevereiro de 1828. D. João VI morreu quatro dias depois do decreto.

Além de D. Isabel Maria, faziam parte do chamado Conselho de Regência o cardeal-patriarca D. Patrício da Silva; o 6.° Duque de Cadaval; o 1.° Marquês de Valada; e o Conde de Arcos. Na qualidade de adjuntos, estavam os seis ministros de Estado das diferentes secretarias.

No mesmo ano, D. Isabel Maria abdicou a favor da sobrinha, D. Maria da Glória, a filha mais velha de D. Pedro IV (I do Brasil), que deveria  casar-se com o tio D. Miguel I. Este, por sua vez, juraria a Carta Constitucional de 1826 promulgada por D. Pedro IV. Entretanto, não foi o que aconteceu.

A Carta Constitucional encontrou forte oposição, por parte de D. Miguel. Em julho do mesmo ano, D. Isabel Maria declarou solenemente:

“ Juro cumprir e fazer cumprir a Carta Constitucional decretada e dada por El-Rei o senhor D. Pedro IV em 29 de Abril de 1826, para os reinos de Portugal e Algarves e seus domínios, tão inteira e fielmente como nela se contém. ”

Começou, assim, o consequente duelo entre o Portugal da Tradição e o Portugal da Revolução. Se o governo venceu, é certo, que os desentendimentos continuaram entre as Câmaras e os ministros, mas também devido às manobras da rainha-viúva, D. Carlota Joaquina.

D. Pedro IV, apesar de muito conhecedor daquilo que se passava pelo reino, por decreto de 1827, confiou a regência a D. Miguel. Este chegou a Portugal em 1828, terminando a regência da infanta D. Isabel Maria.

Isabel quando menina

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 23/01/2019

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Dinastias Portuguesas:


Invalid DateAfonso I - O ConquistadorAfonso I - O Conquistador
Invalid DateSancho I - O PovoadorSancho I - O Povoador
Invalid DateAfonso II - O GordoAfonso II - O Gordo
Invalid DateSancho II - O CapeloSancho II - O Capelo
Invalid DateAfonso III - O BolonhêsAfonso III - O Bolonhês
Invalid DateDinis I - O LavradorDinis I - O Lavrador
Invalid DateAfonso IV - O BravoAfonso IV - O Bravo
Invalid DatePedro I - O JusticeiroPedro I - O Justiceiro
Invalid DateFernando I - O FormosoFernando I - O Formoso
Invalid DateD. João I - Mestre de Avis (O de Boa Memória)D. João I - Mestre de Avis (O de Boa Memória)
Invalid DateDuarte I - O EloquenteDuarte I - O Eloquente
Invalid DateRegente - Leonor de Aragão, Rainha de PortugalRegente - Leonor de Aragão, Rainha de Portugal
Invalid DateAfonso V - O AfricanoAfonso V - O Africano
Invalid DateJoão II - O Príncipe PerfeitoJoão II - O Príncipe Perfeito
Invalid DateManuel I - O VenturosoManuel I - O Venturoso
Invalid DateJoão III - O PiedosoJoão III - O Piedoso
Invalid DateRegente - Catarina de ÁustriaRegente - Catarina de Áustria
Invalid DateSebastião I - O DesejadoSebastião I - O Desejado
Invalid DateHenrique I - O CastoHenrique I - O Casto
Invalid DateFilipe I - O PrudenteFilipe I - O Prudente
Invalid DateFilipe II - O PioFilipe II - O Pio
Invalid DateFilipe III - O GrandeFilipe III - O Grande
Invalid DateJoão IV - O RestauradorJoão IV - O Restaurador
Invalid DateRegente - Luísa de GusmãoRegente - Luísa de Gusmão
Invalid DateAfonso VI - O VitoriosoAfonso VI - O Vitorioso
Invalid DatePedro II - O PacíficoPedro II - O Pacífico
Invalid DateJoão V - O MagnânimoJoão V - O Magnânimo
Invalid DateJosé I - O ReformadorJosé I - O Reformador
Invalid DateMaria I - A PiedosaMaria I - A Piedosa
Invalid DatePedro III - O EdificadorPedro III - O Edificador
Invalid DateJoão VI - O ClementeJoão VI - O Clemente
Invalid DatePedro IV - O Rei SoldadoPedro IV - O Rei Soldado
Invalid DateRegente - Isabel Maria de BragançaRegente - Isabel Maria de Bragança
Invalid DateMiguel I - O AbsolutistaMiguel I - O Absolutista
Invalid DateMaria II - A EducadoraMaria II - A Educadora
Invalid DateFernando II - O Rei ArtistaFernando II - O Rei Artista
Invalid DatePedro V - O EsperançosoPedro V - O Esperançoso
Invalid DateLuís I - O PopularLuís I - O Popular
Invalid DateCarlos I - O DiplomataCarlos I - O Diplomata
Invalid DateManuel II - O PatriotaManuel II - O Patriota
Invalid DateDinastia de BorgonhaDinastia de Borgonha
Invalid DateDinastia de AvisDinastia de Avis
Invalid DateDinastia FilipinaDinastia Filipina
Invalid DateDinastia de BragançaDinastia de Bragança
Invalid DateImplantação da RepúblicaImplantação da República