“O samba do crioulo doido” - Copy

2014
O samba do crioulo doido, Luiz de Abreu, Vídeo, 22’29”, 2014 
 

A discriminação racial e sua incidência no corpo negro é o centro da peça performática do bailarino Luiz de Abreu. A partir de elementos indefectivelmente associados ao negro brasileiro – samba, Carnaval, erotismo –, e de referências à Pátria branca, o artista cria imagens que falam de racismo, de transgressão como forma de resistência e da importância do corpo na construção da identidade. Pela força da performance, e valendo-se da ironia e do deboche, quer devolver ao corpo-objeto o sujeito roubado, com sentimentos, crenças e singularidades. A obra foi apresentada e premiada no 18º Festival em 2013.

Veja aqui Luiz de Abreu a falar sobre o percurso da sua obra, durante a 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc Videobrasil em 2019.

Luiz de Abreu (Araguari-MG, 1963)

Bailarino e performer, travou seu primeiro contato com a dança nos terreiros de Umbanda. Formado em dança na Faculdade Angel Vianna, no Rio de Janeiro e com mestrado pela Universidade Federal de Uberlândia, trabalhou em diferentes companhias de Belo Horizonte e, em meados dos anos 1990, iniciou carreira solo em São Paulo. Seu trabalho investiga os estereótipos relacionados ao corpo negro. Já se apresentou em países como Alemanha, França, Portugal, Croácia, Cuba, Espanha, Inglaterra, Mali e em diferentes festivais de dança contemporânea do Brasil. Participou da Bienal do Mercosul, Porto Alegre (2009), e mostrou o solo Travesti na mostra Sesc de Dança, São Paulo (2001). Sua peça O samba do crioulo doido integra o acervo de videodança do Centre Georges Pompidou, em Paris.

0 comments

Comment
No comments avaliable.

Author

Info

Published in 21/06/2022

Updated in 21/06/2022

All events in the topic Corpo e Performance no Acervo Videobrasil:


1996“Video Opera for Paik” - Copy“Video Opera for Paik” - Copy
1985“Homenagem a George Segal” - Copy“Homenagem a George Segal” - Copy
01/01/198331/12/1994“Videocriaturas, videomáscaras, videotauro” - Copy“Videocriaturas, videomáscaras, videotauro” - Copy
2001“Politik” - Copy“Politik” - Copy
2012“The visible and the unconscious” - Copy“The visible and the unconscious” - Copy
2013“Coverman”, “Reboot” e “Batendo amalá” - Copy“Coverman”, “Reboot” e “Batendo amalá” - Copy
2014“O samba do crioulo doido”  - Copy“O samba do crioulo doido” - Copy
2015“Baile” - Copy“Baile” - Copy
2016“Mover o Branco/Esgotamento” - Copy“Mover o Branco/Esgotamento” - Copy
2020“Puxadinho” - Copy“Puxadinho” - Copy
2022“Maybe the calm is more important than freedom” - Copy“Maybe the calm is more important than freedom” - Copy
10/06/2022Reviravolta: Corpo e performance no Acervo Videobrasil - CopyReviravolta: Corpo e performance no Acervo Videobrasil - Copy