Heitor Villa-Lobos faz o primeiro de uma série de concertos de câmara

28/01/1915 • 23:00:00View on timeline

Descrição

Heitor Villa-Lobos (Rio de Janeiro, 5 de março de 1887 — Rio de Janeiro, 17 de novembro de 1959) foi um compositor brasileiro.

Destaca-se por ter sido o principal responsável pela descoberta de uma linguagem peculiarmente brasileira em música, sendo considerado o maior expoente da música do modernismo no Brasil, compondo obras que contêm nuances das culturas regionais brasileiras, com os elementos das canções populares e indígenas. No Brasil, sua data de nascimento é celebrada como Dia Nacional da Música Clássica.

Biografia

Filho de Noêmia Monteiro Villa-Lobos e Raul Villa-Lobos, foi desde cedo incentivado aos estudos, pois sua mãe queria vê-lo médico. No entanto, Raul Villa-Lobos, pai do compositor, funcionário da Biblioteca Nacional e músico amador, deu-lhe instrução musical e adaptou uma viola para que o pequeno Heitor iniciasse seus estudos de violoncelo. Aos 12 anos, órfão de pai, Villa-Lobos passou a tocar violoncelo em teatros, cafés e bailes; paralelamente, interessou-se pela intensa musicalidade dos "chorões", representantes da melhor música popular do Rio de Janeiro, e, neste contexto, desenvolveu-se também no violão. De temperamento inquieto, empreendeu desde cedo escapadas pelo interior do Brasil, primeiras etapas de um processo de absorção de todo o universo musical brasileiro. Em 1913 Villa-Lobos casou-se com a pianista Lucília Guimarães, indo viver no Rio de Janeiro. O compositor e maestro brasileiro era o tio-avô de Dado Villa-Lobos.

Em 1922 Villa-Lobos participou da Semana da Arte Moderna, no Teatro Municipal de São Paulo. No ano seguinte embarcou para a Europa, regressando ao Brasil em 1924. Viajou novamente para a Europa em 1927, financiado pelo milionário carioca Carlos Guinle. Desta segunda viagem, retornou em 1930, quando realizou turnê por sessenta e seis cidades. Realizou também, nesse mesmo ano, a "Cruzada do Canto Orfeônico" no Rio de Janeiro. Seu casamento com Lucília terminou na década de 1930. Depois de operar-se de câncer em 1948, casou-se com Arminda Neves d'Almeida, a Mindinha, uma ex-aluna, que depois de sua morte se encarregou da divulgação de uma obra monumental. O impacto internacional dessa obra fez-se sentir especialmente na França e Estados Unidos, como se verifica pelo editorial que o The New York Times dedicou-lhe no dia seguinte a sua morte. Villa-Lobos nunca teve filhos.

Heitor Villa-Lobos
The Best of Villa-Lobos

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 15/08/2018

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Miscelânea:


Invalid DateTratado de TordesilhasTratado de Tordesilhas
Invalid DatePedro Alvares CabralPedro Alvares Cabral
Invalid DateUnião IbéricaUnião Ibérica
Invalid DateFamília Real chega ao BrasilFamília Real chega ao Brasil
Invalid DateIndependência do BrasilIndependência do Brasil
Invalid DateCompetição de locomotiva a vaporCompetição de locomotiva a vapor
Invalid DateInicio da Guerra Civil AmericanaInicio da Guerra Civil Americana
Invalid DateFim Guerra Civil AmericanaFim Guerra Civil Americana
Invalid DateMorte de Karl MarxMorte de Karl Marx
Invalid DateLançamento de Os SertõesLançamento de Os Sertões
Invalid DateO Triste Fim de Policarpo QuaresmaO Triste Fim de Policarpo Quaresma
Invalid DateInício da 1ª Guerra MundialInício da 1ª Guerra Mundial
Invalid DateRevolução VermelhaRevolução Vermelha
Invalid DateFim primeira Guerra MundialFim primeira Guerra Mundial
Invalid DateInicio semana Arte Moderna
Invalid DateFim semana de Arte ModernaFim semana de Arte Moderna
Invalid DateMacunaimaMacunaima
Invalid DateQuebra da bolsa de NY
Invalid DateVoto feminino no BrasilVoto feminino no Brasil
Invalid DateEstreia da peça Vestido de NoivaEstreia da peça Vestido de Noiva