Documenta de Kassel (Kassel)

01/01/1955

Considerada a maior exposição de arte contemporânea do mundo, a Documenta de Kassel foi uma iniciativa do artista Arnold Bode, realizada pela primeira vez em 1955 nas ruínas do Museu Fridericianum, em Kassel, que havia sido parcialmente destruído nos bombardeios de 1944.  Com fundação datada de 1779, o Museu 

foi a primeira arquitetura de um museu público construído na Europa. 

Reunindo 130 mil visitantes, 670 obras e 148 artistas das vanguardas modernas, a Documenta foi um evento pensado a partir de propósito político, algo que se tornaria a marca registrada da Documenta. O objetivo da primeira Documenta era de reabilitar as obras das vanguardas modernas que haviam sido destruídas pelos nazistas por serem consideradas “arte degenerada”, além de terem sido excluídas dos museus. Entre os artistas da vanguarda modernista, participaram da primeira Documenta de Kassel, Pablo Picasso, Paul Klee e Marc Chagall.

Documenta 14 (2017)  

O evento também é conhecido como “Museu dos 100 dias”, que é o período de duração da Documenta, realizada a cada cinco anos. A última edição ocorreu em 2017, ano em que a Documenta foi realizada pela primeira vez em uma cidade fora da Alemanha, em Atenas, na Grécia. Veja mais sobre a última edição da Documenta no vídeo a seguir. 

Documenta 2017: cidade de Kassel divide as honras com Atenas - DW Brasil

0 comments

Comment
No comments avaliable.

Author

Info

Published in 19/04/2021

Updated in 6/05/2021

All events in the topic Os primeiros Museus:


01/01/1793Criação, espaços e acervosCriação, espaços e acervos
01/01/1581Galeria Uffizi (Florença)Galeria Uffizi (Florença)
01/01/1779Fridericianum (Kassel)Fridericianum (Kassel)
01/01/195101/01/2021Bienal  de São Paulo (São Paulo)Bienal de São Paulo (São Paulo)
01/01/1955Documenta de Kassel (Kassel)Documenta de Kassel (Kassel)
01/01/1460Palácio dos Médici (Florença)Palácio dos Médici (Florença)
01/01/1929Cubo Branco Cubo Branco
30/04/1793 • 15:37:03Louvre (Paris)Louvre (Paris)