3ª Fase de construção-1786-1802

01/01/178601/01/1902View on timeline

Sob a direção do sargento-mor Manuel Caetano de Sousa (1738-1802), nomeado Arquiteto da Casa do Infantado em 1785, terão lugar as últimas obras na Real Quinta de Queluz:

- Ampliação do 1º andar, iniciado em 1784, desde a Sala dos Embaixadores até à Sala do Café, para servir de aposentos a D. João e D. Carlota Joaquina - 1784-1789

- Construção do Pavilhão D. Maria, para servir de aposentos ao herdeiro da coroa, D. José, Príncipe do Brasil. Para a construção da nova ala, foi necessário demolir a Casa da Ópera construída 10 anos antes. 1784-1789

Já sob a administração de D. João, deu-se início à construção dos edifícios na envolvente e fronteiros ao Palácio, integrado no projeto inacabado de ampliação da área edificada, a “Vila do Príncipe da Beira”:

- Construção do edifício da Torre do Relógio, destinado a mantearia e acomodações do pessoal do paço

- Construção do Quartel de Soldados de Cavalaria edifício, para servir de alojamento às cavalariças e cocheiras da Casa Real e à Guarda do Palácio, onde atualmente se localiza o Quartel do Regimento de Artilharia Antiaérea Nº 1


“Fachada do Real Paço de Queluz do Lado do Jardim”, 1836
Planta do palácio e jardins de Queluz, incluindo um projeto de ampliação nunca executado “Vila do Príncipe da Beira”, c 1795

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 23/11/2020

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Palácio de Queluz:


Invalid Date1ª Fase de construção - 1747-1758/17601ª Fase de construção - 1747-1758/1760
Invalid DateFestejos em honra de S. João e S. Pedro.1758Festejos em honra de S. João e S. Pedro.1758
Invalid Date2ª Fase de construção – 1758/1760-17862ª Fase de construção – 1758/1760-1786
Invalid Date3ª Fase de construção-1786-18023ª Fase de construção-1786-1802
Invalid DateO Pavilhão de D. Maria - 1784-2004O Pavilhão de D. Maria - 1784-2004
Invalid DatePalácio de Queluz doado à Fazenda Pública
Invalid DateQueluz ardeuQueluz ardeu
Invalid DateAbertura ao Público