Infante D. Francisco de Bragança, 2º Senhor da Casa do Infantado, amplia a sua Quinta de Queluz

01/01/170701/01/1742View on timeline

No período da sua administração, as propriedades de Queluz incluíam o Palácio Velho, pomar, casa do embrechado, um casal e uma Ermida demolida no tempo do infante D. Pedro.

Durante os meses de verão, o Infante, tinha por hábito instalar-se em Queluz, onde se dedicava à caça, uma das suas atividades preferidas. Aqui organizou, em 1733, um combate de touros e uma caçada aos “javardos”, tendo o Palácio Velho (Castelo Rodrigo) sido previamente preparado, com móveis e ornamentos vindos do Real Tesouro, para receber os participantes no evento.

A ele se ficaram a dever as primeiras obras de ampliação realizadas em Queluz, dirigidas pelo arquiteto da Casa do Infantado, Manuel da Costa Negreiros, sendo da sua responsabilidade: a construção de um torreão e de uma ermida; do Aqueduto; obras nas cocheiras; obras de captação de águas (minas).


Retrato de D. Francisco de Bragança, século XVIII (1ª metade)

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 23/11/2020

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Palácio de Queluz:


Invalid Date1ª Fase de construção - 1747-1758/17601ª Fase de construção - 1747-1758/1760
Invalid DateFestejos em honra de S. João e S. Pedro.1758Festejos em honra de S. João e S. Pedro.1758
Invalid Date2ª Fase de construção – 1758/1760-17862ª Fase de construção – 1758/1760-1786
Invalid Date3ª Fase de construção-1786-18023ª Fase de construção-1786-1802
Invalid DateO Pavilhão de D. Maria - 1784-2004O Pavilhão de D. Maria - 1784-2004
Invalid DatePalácio de Queluz doado à Fazenda Pública
Invalid DateQueluz ardeuQueluz ardeu
Invalid DateAbertura ao Público