Implantação da República

05/10/1910View on timeline

Implantação da República, 5 de outubro de 1910
Implantação da República

RTP:

Diversas forças militares sublevam-se na noite de 3 para 4 de outubro 1910 contra a monarquia. Após acesos combates esta é derrubada e dois dias depois proclama-se a República.

A proclamação da República é feita das varandas da Câmara Municipal de Lisboa na manhã do dia 5 de Outubro de 1910. Trata-se do resultado de um longo processo, iniciado ainda no século XIX, que foi criando na população, especialmente em algumas elites, a vontade de mudar o regime.

Os confrontos que envolvem civis e militares, de um lado e do outro, a partir do dia 3 de Outubro, dão a vitória ao partido republicano.

Logo no dia 5 o rei e a família abandonam Portugal embarcando na Ericeira a caminho do exílio. Anastácio Franco Casado foi uma das testemunhas dessa partida e é entrevistado neste programa.

Temas: História, Século XX, História e Geografia de Portugal

Ensino: 3º Ciclo, Ensino Secundário

Ficha Técnica

Título: Nome de Rua - Rua 5 de Outubro

Tipo: Reportagem

Autoria: Nunes Forte

Produção: Videofono para a RTP

Ano: 1991

Informações adicionais:

A Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, iniciada no dia 2 de outubro e vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro de 1910, que destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal.

A subjugação do país aos interesses coloniais britânicos, os gastos da família real, o poder da igreja, a instabilidade política e social, o sistema de alternância de dois partidos no poder (o Partido Progressista e o Partido Regenerador), a ditadura de João Franco, a aparente incapacidade de acompanhar a evolução dos tempos e se adaptar à modernidade — tudo contribuiu para um inexorável processo de erosão da monarquia portuguesa do qual os defensores da república, particularmente o Partido Republicano, souberam tirar o melhor proveito. Por contraponto, o partido republicano apresentava-se como o único que tinha um programa capaz de devolver ao país o prestígio perdido e colocar Portugal na senda do progresso.

Após a relutância do exército em combater os cerca de dois mil soldados e marinheiros revoltosos entre 3 e 4 de outubro de 1910, a República foi proclamada às 9 horas da manhã do dia seguinte da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa. Após a revolução, um governo provisório chefiado por Teófilo Braga dirigiu os destinos do país até à aprovação da Constituição de 1911 que deu início à Primeira República. Entre outras mudanças, com a implantação da República, foram substituídos os símbolos nacionais: o hino nacional, a bandeira e a moeda.


Ilustração alusiva à Proclamação da República Portuguesa a 5 de outubro de 1910
Conta-me História - Implantação da República

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 3/11/2020

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Presidentes:


Invalid DateImplantação da RepúblicaImplantação da República
Invalid DateA história do Hino NacionalA história do Hino Nacional
Invalid DateTeófilo BragaTeófilo Braga
Invalid DateSidónio Pais, o "Presidente-Rei"Sidónio Pais, o "Presidente-Rei"
Invalid DateAntónio José de AlmeidaAntónio José de Almeida
Invalid DateGolpe de 28 de Maio de 1926Golpe de 28 de Maio de 1926
Invalid DateJosé Mendes CabeçadaJosé Mendes Cabeçada
Invalid DateGomes da CostaGomes da Costa
Invalid DateÓscar Carmona, 25 anos presidenteÓscar Carmona, 25 anos presidente
Invalid DateO Estado NovoO Estado Novo
Invalid DateJorge SampaioJorge Sampaio
Invalid DateAníbal Cavaco SilvaAníbal Cavaco Silva