Skip to content

ZOO

28/05/1884View on timeline

O Jardim Zoológico de Lisboa foi inaugurado em 1884, as suas primitivas instalações foram no Parque de São Sebastião da Pedreira, vindo a serem transferidas em 1894 para os terrenos de Palhavã, no terreno onde hoje se situa a Fundação Calouste Gulbenkian. Mais tarde, em 1905, o Jardim Zoológico foi transferido para a sua actual localização, na Quinta das Laranjeiras, em Sete Rios.

A ideia para a criação de um jardim zoológico em Portugal, nomeadamente em Lisboa, remonta a 1882, conforme rumores que começaram a circular na imprensa lisboeta em Agosto daquele ano. À época ainda não existia na Península Ibérica nenhum parque dedicado à flora e fauna exóticas do mundo, embora tanto Espanha quanto Portugal já terem sediado menageries reais anteriormente.

Os seus idealizares foram Dr. Van Der Laan, proprietário do maior aviário do país à época, Dr. Sousa Martins e May Figueira. Juntos decidiram formar uma sociedade zoológica e de aclimação de animais e plantas nos moldes das que já existiam em França e nos Países Baixos, feito este facilitado através da posição geográfica excepcional de Lisboa, facilitando assim a aclimação das espécies.

Nos finais desse ano o grupo viajou pela Europa, em visita aos jardins zoológicos já existentes em algumas capitais europeias, recolhendo conhecimentos e práticas para a criação de um jardim zoológico em Lisboa, após as visitas foi necessário procurar homens que pudessem custear as despesas e projetar os edifícios, estes foram Lino Bento de Sousa e o engenheiro civil e 2º barão de Kessler Frederico Luís Hermano, que adicionalmente assegurou o apoio de D. Fernando II devido à posição do pai como seu médico. Esta adesão de D. Fernando II atraiu outros indivíduos de relevo como o na altura Ministro da Marinha de D. Luís, zoólogo José Barbosa du Bocage.

A 19 de Fevereiro de 1883 reuniu-se a comissão fundadora da Sociedade Zoológica e de Aclimação de Animais e Plantas sob presidência de D. Fernando II na Escola Politécnica, e com o incentivo do próprio rei D. Luís foi elaborada uma escritura a 5 de Setembro de 1883, após os necessários estudos e levantamento de capital. Em seguida iniciaram-se as obras em São Sebastião da Pedreira, com a construção de pavilhões, viveiros e gaiolas, para manter os primeiros animais em exposição, espaço este cedido gratuitamente por um período de dez anos em conjunto com terrenos alugados situados a norte do parque.

Desse modo, a 28 de Maio de 1884 foi inaugurado solenemente o Jardim Zoológico de Lisboa, com uma colecção de 1127 animais à disposição do público, alguns dos quais doados pela Família Real Portuguesa e outras personalidades.

Parque de São Sebastião da Pedreira
Parque das Laranjeiras

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 26/05/2020

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Historia de Lisboa e de Portugal:


Invalid DateREINO DE PORTUGALREINO DE PORTUGAL
Invalid DateCERCO DE LISBOACERCO DE LISBOA
Invalid DateREGICÍDIOREGICÍDIO
Invalid DateIMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICAIMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA
Invalid DateD. SEBASTIÃOD. SEBASTIÃO
Invalid DateDINASTIA FILIPINADINASTIA FILIPINA
Invalid DateDINASTIA DE AVISDINASTIA DE AVIS
Invalid DateRESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIARESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA
Invalid DateDINASTIA DE BRAGANÇADINASTIA DE BRAGANÇA
Invalid DateEXPO 98EXPO 98
Invalid DateMUSEU DOS COCHESMUSEU DOS COCHES
Invalid DateBARROCOBARROCO
Invalid DateESTILO POMBALINOESTILO POMBALINO
Invalid DateSISMOSISMO
Invalid DateGAIOLA POMBALINA - SISMOLOGIAGAIOLA POMBALINA - SISMOLOGIA
Invalid DateAv. DA LIBERDADEAv. DA LIBERDADE
Invalid DatePASSEIO PUBLICOPASSEIO PUBLICO
Invalid DateDUARTE PACHECO - VIADUTO E OUTRAS OBRASDUARTE PACHECO - VIADUTO E OUTRAS OBRAS
Invalid DateTORRE DE BELÉMTORRE DE BELÉM
Invalid DatePONTE SOBRE O TEJOPONTE SOBRE O TEJO
Invalid DatePARQUE MAYER
Invalid DatePARQUE MAYERPARQUE MAYER
Invalid DateMETROPOLITANO
Invalid DateMETROPOLITANOMETROPOLITANO
Invalid DateMETROPOLITANO DE LISBOAMETROPOLITANO DE LISBOA
Invalid DateLNECLNEC
Invalid DateZOOZOO