Skip to content

Batalha de Azincourt

25/10/1415

Descrição

A Batalha de Azincourt (em inglês: Agincourt) foi uma batalha decisiva ocorrida na Guerra dos Cem Anos ocorrida a 25 de outubro de 1415 (Dia de São Crispim), no norte de França. Resultou numa das maiores vitórias inglesas durante a guerra. O local onde a luta ocorreu foi perto de Artois, a cerca de 40 km ao sul de Calais (agora em Azincourt, no norte da França).

A vitória de Henrique V da Inglaterra, contra um exército francês numericamente superior, foi um golpe duro para a França e marcou um período sombrio para o país.

Batalha de Azincourt em miniatura do século XV

A batalha

Os ingleses invadiram França no começo do século XV, quando o rei Henrique V resolveu reivindicar o trono do país rival. No começo da Guerra dos Cem Anos, no século anterior, as tropas inglesas mostraram-se mais eficientes do que o exército feudal francês. Quando Henrique iniciou a invasão, em agosto de 1415, a situação em França tinha melhorado. Ainda assim, após o desastre em Crécy, os franceses estavam relutantes em defrontar-se  com os ingleses, optando primeiro por reunir mais soldados e suprimentos. Henrique e os seus homens não tinham, por outro lado, mantimentos suficientes para uma prolongada campanha e precisavam forçar um engajamento decisivo. Foi já próximo de Calais, no norte da França, que os dois exércitos se confrontaram.

O tamanho dos dois exércitos divergiu de fonte para fonte. Os ingleses reuniram pelo menos seis mil arqueiros, 1 500 soldados de infantaria pesada e perto de dois mil homens na cavalaria. Os franceses tinham entre 12 e 15 mil homens (um terço deles a cavalo), embora algumas fontes digam que o seu exército podia chegar a ter 36 mil combatentes (sendo este número bem improvável). Os relatos da época sugerem que os ingleses estavam em desvantagem numérica de 4 para 1. Outro fator interessante era que os franceses levaram um grande número de nobres, incluindo milhares de cavaleiros para o combate, enquanto a tropa inglesa era formada basicamente por conscritos bem treinados, munidos com longos arcos.

O combate principal deu-se na manhã de 25 de outubro de 1415. O terreno era difícil e irregular, com florestas nos flancos, o que não permitiu muita manobra. Os franceses tomaram a iniciativa, mandando a sua cavalaria atacar os arqueiros inimigos, mas foram repelidos com baixas pesadas- De seguida, mandaram o grosso da sua infantaria. O terreno era irregular, cheio de lama, o que atrasou o avanço e expôs os homens ao arco inglês. Como resultado, os franceses acabaram por sofrer grandes perdas, com milhares de soldados a serem capturados. Foi então que Henrique V deu aquela que foi uma ordem controversa: matar os prisioneiros franceses. Segundo um cronista da época, Henrique V tomou essa decisão, em primeiro lugar, porque temia que o grande número de prisioneiros se poderiam rebelar e, em segundo lugar, porque havia falta de mantimentos para todos. O historiador John Keegan sugeriu que a teria sido dada, não para fins práticos, mas para aterrorizar os franceses. Seja como for, ao anoitecer do mesmo dia, 25 de outubro, os franceses já tinham evacuado o campo. Até hoje não se sabe exatamente quantos morreram na batalha, mas é certo de que as baixas francesas foram extensas e muito superiores à dos ingleses.

Segundo relatos da época, Henrique V liderou pessoalmente as suas tropas na batalha e terá participado dos combates corpo-a-corpo. Já o rei francês, Carlos VI, não comandou os seus homens, já que sofria de problemas mentais. O exército de França foi liderado pelo condestável Carlos d'Albret e vários proeminentes nobres do Armagnacs.

Foi esta batalha que marcou o uso mais notável do arco longo inglês em grande número, com arqueiros ingleses e galeses a formar cerca de 80% do exército de Henrique. Esta batalha também é um dos temas centrais da peça Henry V de William Shakespeare.

Segundo uma lenda ou invenção muito posterior, os franceses gabavam-se da sua superioridade numérica e ameaçaram os arqueiros de cortar o dedo do meio a cada um deles (fundamental para arqueiros, para armar o arco), mostrando o seu dedo maior levantado; quando os franceses foram feitos prisioneiros, os ingleses mostraram os dedos e disseram "Olha: os meus dedos estão aqui". Esse gesto deu origem ao gesto obsceno de "mostrar o dedo" .

Mapa tático da batalha
A Batalha de Agincourt (1415): o triunfo improvável de um “bando de irmãos”

A batalha de Azincourt - o conflito em que os ingleses surpreenderam a França.

Desentendidos Historia # 01 A Batalha de Agincourt

A Batalha de Agincourt (1415): o triunfo improvável de um “bando de irmãos”.

A História de Azincourt, por Bernard Cornwell (Legendado)

0 comments

Comment
No comments avaliable.

Author

Info

Published in 24/01/2019

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Os Eventos do Mundo:


25/10/1415Batalha de AzincourtBatalha de Azincourt
24/05/133706/01/1453Guerra dos Cem AnosGuerra dos Cem Anos
19/07/1870Guerra Franco-PrussianaGuerra Franco-Prussiana
31/10/1517Reforma ProtestanteReforma Protestante
1343Peste negraPeste negra
07/06/1494Tratado de TordesilhasTratado de Tordesilhas
1397União de KalmarUnião de Kalmar
1378Grande Cisma do OcidenteGrande Cisma do Ocidente
21/03/1413Henrique V de InglaterraHenrique V de Inglaterra
24/02/1582Calendário gregorianoCalendário gregoriano
30/11/1783Tratado de ParisTratado de Paris
04/03/1918Gripe espanhola de 1918Gripe espanhola de 1918
21/02/1848Manifesto ComunistaManifesto Comunista
16/10/1853Guerra da CrimeiaGuerra da Crimeia
18/06/1815Congresso de VienaCongresso de Viena
06/04/1453Queda de ConstantinoplaQueda de Constantinopla
1545Concílio de TrentoConcílio de Trento
18/06/1815Batalha de WaterlooBatalha de Waterloo
02/2007Crise económica de 2007–2008Crise económica de 2007–2008
06/01/1412Joana d'ArcJoana d'Arc
1309Papado de AvinhãoPapado de Avinhão
12/02/1809Charles DarwinCharles Darwin