Skip to content

Primeira Publicação de Vinte Mil Léguas Submarinas

20/06/1870

Vinte Mil Léguas Submarinas (no original, em francês: Vingt mille lieues sous les mers) é uma das obras literárias mais famosas do escritor Júlio Verne. Originalmente publicada em forma de uma série no periódico Magasin d'Éducation et de Récréation, de Março de 1869 a Junho de 1870, teve uma edição ilustrada publicada em Novembro de 1871, com 111 ilustrações por Alphonse de Neuville e Édouard Riou.

Enredo

Como a grande maioria das obras de Júlio Verne, esta é muito baseada nos conhecimentos da época (meados do século XIX), em conjunto, claro, com a rica e vasta imaginação de Verne.

Em Vinte Mil Léguas Submarinas, Verne concebe um submarino, o Náutilus, completamente autónomo do meio terrestre, movido somente a electricidade. O engenheiro e dono de tal feito, é o capitão Nemo, que, com sua tripulação, cortou qualquer relação com as nações e com a humanidade. Vivem somente do que o mar lhes dá - a comida, a matéria prima que necessitam para a produção de electricidade, tudo vem do mar.

Mas a humanidade, não conhecendo a existência desta obra prima de engenharia que o capitão Nemo criou em segredo, e, quando este, com ou sem intenção, começou a provocar desastres em navios e embarcações, o mundo começou a temê-lo, julgando-o um monstro marinho, um narval gigante, começando assim a caça à quimera.

O Professor Aronnax, naturalista francês, Conseil, seu criado, e Ned Land, arpoador exímio de nacionalidade canadiana, partem no navio Abraham Lincoln da marinha norte-americana, juntamente com toda a sua tripulação, com o intuito de caçar e livrar os mares de tal aberração.

No contacto com o monstro, o Abraham Lincoln é danificado até ao ponto de não poder prosseguir viagem. Aronnax, Conseil e Ned Land são atirados ao mar onde são recolhidos pelo submarino, e assim feitos prisioneiros, mas com a liberdade de poderem andar à vontade neste navio que navega abaixo do nível do mar.

Durante vários meses, o Náutilus percorreu dezenas de milhares de quilómetros sob as águas, passando por variadíssimos lugares e peripécias. O título do livro se refere a essa distância, usando a unidade arcaica légua.

Vinte mil léguas submarinas, de Júlio Verne, em versão audiovisual e interativa

Resenha - Vinte Mil Léguas Submarinas

Crítica - Vinte Mil Léguas Submarinas

Biografia Júlio Verne

Artigo de apoio

Júlio Verne - Previsões do autor se tornaram realidade

Capa da Primeira Edição
A rota do Nautilus
O capitão Nemo observa o polvo gigante pela janela do Nautilus
Escritor Júlio Verne
VINTE MIL LÉGUAS SUBMARINAS, DE JULIO VERNE (#7)

0 comments

Comment
No comments avaliable.

Author

Info

Published in 17/01/2019

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Miscelânea:


14/04/1912Naufrágio do RMS TitanicNaufrágio do RMS Titanic
26/08/1883Erupção do KrakatoaErupção do Krakatoa
01/01/1818Frankenstein é publicadoFrankenstein é publicado