Skip to content

Fim Guerra Canudos

04/10/1897 • 23:53:32View on timeline

Descrição

Abril de 1897 - No Rio de Janeiro, a repercussão da derrota foi enorme, principalmente porque se atribuía ao Conselheiro a intenção de restaurar a monarquia. Jornais monarquistas foram empastelados e Gentil José de Castro, gerente de dois deles, assassinado. Em abril de 1897, o ministro da Guerra, marechal Carlos Machado de Bittencourt preparou uma expedição, sob o comando do general Artur Oscar de Andrade Guimarães, composta de duas colunas, comandadas pelos generais João da Silva Barbosa e Cláudio do Amaral Savaget, ambas com mais de quatro mil soldados equipados com as mais modernas armas da época.

Junho de 1897 - O primeiro combate verificou-se em Cocorobó, em 25 de junho, com a coluna Savaget. No dia 27, depois de sofrerem perdas consideráveis, os atacantes chegaram a Canudos. Durante os primeiros meses, as tropas conseguem pouco resultado. Os sertanejos estão bem armados com armas abandonadas pela expedição anterior, e o exército não tem a infra-estrutura necessária para alimentar suas tropas, que passam fome.

Agosto de 1897 - O próprio ministro da Guerra, marechal Carlos Machado de Bittencourt, seguiu para o sertão baiano e se instalou em Monte Santo, com o intuito de colocar um fim ao caos em que estava o abastecimento das tropas. Monte Santo se torna base das operações.

Setembro de 1897 - Após várias batalhas, a tropa conseguiu fechar o cerco sobre o arraial. Antônio Conselheiro morreu em 22 de setembro, supostamente em decorrência de uma disenteria. Após receber promessas de que a República lhes garantiria a vida, uma parte da população sobrevivente se rendeu com bandeira branca, enquanto um último reduto resistia na praça central do povoado. Apesar das promessas, todos os homens presos, e também grupos de mulheres e crianças acabaram sendo degolados - uma execução sumária que se apelidou de "gravata vermelha". Com isto, a Guerra de Canudos acabou se constituindo num dos maiores crimes já praticados em território brasileiro.

Outubro de 1897 - O arraial resistiu até 5 de outubro de 1897, quando morreram os quatro derradeiros defensores. O cadáver de Antônio Conselheiro foi exumado e sua cabeça decepada a faca. No dia 6, quando o arraial foi arrasado e incendiado, o Exército registrou ter contado 5.200 casebres.

Resultado

O conflito de Canudos mobilizou aproximadamente doze mil soldados oriundos de dezessete estados brasileiros, distribuídos em quatro expedições militares. Em 1897, na quarta incursão, os militares incendiaram o arraial, mataram grande parte da população e degolaram centenas de prisioneiros. Estima-se que morreram ao todo por volta de 25 mil pessoas, culminando com a destruição total da povoação.

Mulheres e crianças, seguidoras de Antônio Conselheiro, presas durante os últimos dias da guerra.
Guerra de Canudos | Nerdologia

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 15/08/2018

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Guerras e Revoltas:


Invalid DateGuerra FarraposGuerra Farrapos
Invalid DateInicio Guerra ParaguaiInicio Guerra Paraguai
Invalid DateMorre Solano LopesMorre Solano Lopes
Invalid DateAcordo Paz Brasil ParaguaiAcordo Paz Brasil Paraguai
Invalid DateAntonio Conselheiro chega CanudosAntonio Conselheiro chega Canudos
Invalid DateRevolução FederalistaRevolução Federalista
Invalid DateSegunda revolta da ArmadaSegunda revolta da Armada
Invalid DateFim da Revolução FederalistaFim da Revolução Federalista
Invalid DateInicio Guerra CanudosInicio Guerra Canudos
Invalid DateFim Guerra CanudosFim Guerra Canudos
Invalid DateRevolta da VacinaRevolta da Vacina
Invalid DateFim Revolta VacinaFim Revolta Vacina
Invalid DateInicio Revolta da ChibataInicio Revolta da Chibata
Invalid DateFim revolta ChibataFim revolta Chibata
Invalid DateInício Guerra ConstestadoInício Guerra Constestado
Invalid DateFim Guerra do ConstestadoFim Guerra do Constestado
Invalid DateRevolta dos 18 do Forte de CopacabanaRevolta dos 18 do Forte de Copacabana
Invalid DateDeposição de Washington LuisDeposição de Washington Luis