Reino de Portugal: Dinastia de Borgonha

01/01/114701/01/1383View on timeline

O conde D. Henrique, descendente da Casa Ducal de Borgonha, na atual França, recebeu em 1096 o Condado Portucalense das mãos do rei de Leão, fundando assim a dinastia portuguesa de Borgonha. Após a sua morte, o seu filho D. Afonso Henriques recusou prestar vassalagem ao rei de Leão e revoltou-se para obter a independência do condado, passando a intitular-se rei dos Portugueses.

O início da primeira dinastia da monarquia Portuguesa ficou simbolicamente marcado com a assinatura de um tratado de paz em 1143, na cidade de Zamora, entre D. Afonso Henriques e o rei de Leão. Esta dinastia prolongou-se durante 240 anos, terminando em 1383, aquando da morte do rei D. Fernando.

Foi durante esta primeira dinastia que o território de Portugal se expandiu para além dos limites do antigo Condado Portucalense. Avançou para Sul, conquistando território ao Império Almorávida e, após a desintegração deste, ao Império Almóada. Ao mesmo tempo, houve um reforço da defesa das fronteiras conquistadas. Data de 1297 o tratado que os reis D. Dinis de Portugal e Fernando IV de Leão e Castela assinaram na vila de Alcanizes para estabelecer a fronteira definitiva entre os dois reinos. A fronteira atual de Portugal é praticamente igual à de aquele período.

D. Afonso Henriques, primeiro rei da Dinastia de Borgonha em Portugal

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 29/10/2020

Updated in 19/02/2021