Skip to content

Época 2014-2015

01/12/2014

Depois de uma pré-época fracassada, o Benfica começou a época com a chave de ouro com a conquista da Supertaça a 10 de agosto frente ao Rio Ave (0-0, 3-2 após penaltis) e tornou-se na única equipa a vencer todas as competições nacionais em Portugal.

A maior desilusão foi a Champions, ao ficarem em último lugar num grupo acessível (Mónaco, Bayer Leverkusen e Zenit) apenas com cinco pontos.

Na Taça de Portugal foram eliminados nos oitavos-de-final em casa frente ao Braga (1-2) e no campeonato seguiam imparáveis com uns brilhantes 46 pontos ao fim da 1ª volta (apenas com um empate caseiro frente ao rival Sporting e uma derrota em Braga) e com uma importante vitória no Dragão.

Jesus ainda se teve a ver com as saídas de vários jogadores (Enzo Peréz, Rodrigo, Mátic, Cardozo, Garay, Markovic, o goleiro Artur que seria substituído por Júlio César, um dos guarda-redes mais premiados da história do futebol mundial) mas com destaque para a contratação de Jonas que juntamente com Lima formava a dupla goleadora mas que perdera o prémio de melhor marcador para Jackson Martinéz devido à chegada tardia de Jonas ao Benfica.

Na primeira jornada da 2ª volta poderiam ter aumentado a vantagem para o FC Porto de 6 para 9 pontos depois de os dragões terem perdido na Madeira (1-0 frente ao Marítimo), mas os encarnados perderam na Mata Real (contra o Paços de Ferreira, 1-0 com um penálti sofrido ao último minuto de jogo) e o campeonato ficou relançado, entretanto, duas jornadas depois os encarnados arrancam um empate a ferros em Alvalade ao último minuto de jogo por intermédio de Jardel e reduzem a vantagem para 4 pontos.

As águias voltam a tropeçar à 26ª jornada em Vila do Conde (2-1 contra o Rio Ave) e podiam ver o FC Porto reduzir a vantagem para apenas 1 ponto, mas os dragões não conseguem ir além de um empate na Choupana contra o Nacional, mas conseguiu reduzir a desvantagem para 3 pontos.

Entretanto, a 4 jornadas do fim jogava-se o título na Luz, que resultou num nulo entre o Benfica e o Porto deixando o Benfica a um pequeno passo de conquistar o 34º título da sua história, bastava apenas ganhar os restantes jogos que faltavam ou fazer os mesmos pontos que os dragões.

O título seria confirmado à penúltima jornada com um empate (0-0) dos encarnados em Guimarães graças a um empate do Porto no Restelo (1-1 contra o Belenenses). A festa encarnada começou na cidade Berço e desenvolveu-se de norte a sul do País e pelo mundo.

Para além do campeonato, os encarnados conquistaram a 6ª taça da Liga e a 5ª da era Jorge Jesus frente ao Marítimo (2-1, com golos de Jonas e Ola John).

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 10/09/2018

Updated in 19/02/2021

All events in the topic História:


27/02/1904InícioInício
30/11/1950A década de 1950
30/11/1960A década de 1960
30/11/1970A década de 1970
30/11/1980A década de 1980
01/12/1990A década de 1990
01/12/2000Os anos de reconstrução
01/12/2009Época 2009–2010
01/12/2010Época 2010–2011
01/12/2011Época 2011–2012
01/12/2012Época 2012–2013
01/12/2012Época 2012–2013
01/12/2013Época 2013–2014
01/12/2014Época 2014-2015
01/12/2015Época 2015-2016