Skip to content

FESTA DE BATISMO

15/08/1739View on timeline

A confirmar a sua residência ali por esta altura registe-se a cerimónia de baptismo do seu primeiro neto, no caso da menina Constância, apadrinhada pelo Sr. Cardeal da Mota, que se fez representar pelo secretário de estado Pedro da Mota e Silva, no oratório das casas, em 15 de Agosto de 1739.

Entre 1739 e 1753, Gonçalo da Silveira Preto baptizou os seus dez filhos aqui "no Campo", no oratório das suas casas de residência, devidamente autorizado para o efeito por parte do Cardeal Patriarca. A vida corria-lhe de feição. Contudo, tal situação não se iria manter. De facto, todas as mercês que recebeu foram concedidas em vida de seu pai, parando a «cornucópia das benesses» no ano da morte deste. Tudo indica que Gonçalo José, talvez por tão habituado à proximidade da coroa, não foi persona grata do novo poder pombalino, tendo inclusive sido desterrado por um determinado período para as suas propriedades no Fundão, berço da família.

Batismo de Constância

1739 (15/08). Registo de baptismo de Constancia (primeiro baptizado da família no oratório). ADL, RP, Pena, Baptismos, Liv. 11, fl. 70v.

Aos quinze dias do mez de Agosto de mil setecentos e trinta e nove por virtude de hum despacho do Em.mo Rm.o Senhor Cardeal Patriarcha, no oratorio das Cazas em que vive o Dezembragador Joze Vaz de Carvalho no campo desta freguezia de Nossa Senhora da Pena baptizou o Ill.mo Dom Antonio de Aguilar de Figueira prelado da Santa Igreja Patriarchal a Constancia que nasceo a vinte e nove de Julho proximo passado filha do Dezembargador Gonçalo Joze da Silveira Preto, e de sua mulher Dona Felipa Catharina de Aguilar da Gama moradores nas mesmas cazas, e recebidos na freguezia da Sé da cidade de Elvas; foi padrinho o Em.mo R.mo Senhor Cardeal da Motta por seu procurador o Ill.mo Ex.mo Pedro da Motta e Silva Secretario de Estado, e madrinha tambem por procuração Dona Margarida Cicilia de Menezes de que fiz este assento que assignei em auzencia do R.do Padre Cura João Pereyra da Costa. / O Padre Antonio Alvares da Silva /


1740 (08/09). Registo de baptismo de José Vaz de Carvalho (neto). ADL, RP, Pena, Baptismos, Liv. 11, fl. 91v.

Aos outo dias do mez de Setembro de mil setecentos e quarenta baptizou o Ill.mo D. Antonio de Aguilar de Sequeira Prelado da Santa Basilica Patriarchal a Jozé, que nasceo aos vinte nove de Agosto proximo passado, e he filho do Dezembargador Gonçalo Jozé da Sylveira Preto, e de sua mulher D. Felippa Catharina de Aguilar da Gama recebidos na Sé da cidade de Elvas, e moradores no Campo, no oratorio de cujas cazas se administrou este Baptismo em virtude da licença, que por seu despacho concedeo o Em.o e R.mo Senhor Cardeal Patriarcha. Foi padrinho D. João de Aguilar Mexia por seu procurador D. Affonso Baptista de Aguilar e Monroy, e madrinha tãobem por procuração D. Anna Maria da Sylva Sotomaior, do que tudo fiz este assento, que assignei. /O Cura João Pereyra da Costa/


0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 24/05/2020

Updated in 19/02/2021

All events in the topic História do Solar:


Invalid DatePROCESSO de DECISÃOPROCESSO de DECISÃO
Invalid DatePLANO OPERACIONAL IPLANO OPERACIONAL I
Invalid DatePLANO OPERACIONAL IIPLANO OPERACIONAL II
Invalid DatePLANO OPERACIONAL IIIPLANO OPERACIONAL III
Invalid DateARQUITETURAARQUITETURA
Invalid DateCOMERCIALIZAÇÃOCOMERCIALIZAÇÃO
Invalid DateCONSTRUÇÃO Sec. XVIICONSTRUÇÃO Sec. XVII
Invalid Date1º REGISTO HISTÓRICO1º REGISTO HISTÓRICO
Invalid DateOBRAS DE REEDIFICAÇÃOOBRAS DE REEDIFICAÇÃO
Invalid DateFESTA DE BATISMOFESTA DE BATISMO
Invalid DateNASCIMENTONASCIMENTO
Invalid DateINVENTÁRIOINVENTÁRIO
Invalid DateCASAMENTOCASAMENTO
Invalid DateCAMPO DE SANT´ANNACAMPO DE SANT´ANNA
Invalid DatePRAÇA DE TOUROSPRAÇA DE TOUROS
Invalid DateCAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIACAMPO DOS MÁRTIRES DA PÁTRIA