Perspectivas educativas - Copy

25/05/2022

Estratégias político-artísticas-educativas a partir das obras expostas em diálogo com os eixos curatoriais. 

Esta proposta convida os educadores a elaborarem uma prática educativa que ative temas e problemas abordados em obras da exposição Reviravolta. O objetivo é investigar coletivamente formas de abordar o público e convidá-lo a interagir com a narrativa dos dois eixos curatoriais. 

Participam dessa estratégia:

Bárbara Thomaz

Pensar estratégia de reposicionamento dos sujeitos – visitantes – frente àquilo que se vê nos trabalhos. Uso do corpo; pode se dar através da altura do olhar (como se olha, quando se olha e que olhar é devolvido): filme do oceano e Tocaia: descentramento do homem como medida. Desafiar o visitante a falar sobre o trabalho sem interpretá-lo como método pedagógico de deslocamento da linguagem. 

Raoní Iarin

Pensar nas complexidades em torno dos enfrentamentos entre obra e educadores/público.

Trabalhar com o contraste, com as interações entre ambas, pois do mesmo modo, são orientadas por esquemas institucionais e mediadas pelas bases de um contexto social e cultural de quem experimenta. Assim, desenvolver a construção de um processo dialógico, que entrelaça corpo e território a partir das experiências que nos conduzem dentro e fora do espaço expositivo, fortalecendo a autonomia de todas envolvidas.

Entre o educativo:

Alimentar os programas elaborados ao decorrer das nossas experiências com as exposições e também com as visitas, seja escolar ou não. Fotografar, filmar ou escrever experiências a partir das visitas. 

Com a escola, universidades e públicos espontâneos:

Durante a visita, podemos propor que de forma individual, em grupo ou em coletivo, as alunas e professoras escolham um ou mais trabalhos na qual mais se identificaram para apresentarem reflexões e relações através da obra, relacionando com as percepções sobre corpo e/ou território. Podendo ser através da fala ou da escrita.

Sendo assim, podemos disponibilizar papel e canetas, lápis ou giz ou todas as opções para que também sejam criados materiais que evidenciam as ideias e questionamentos.

“Tocaia”, “Danse des Masques en Pays Dogon” e “Pacífico”

0 comments

Comment
No comments avaliable.

Author

Info

Published in 21/06/2022

Updated in 21/06/2022

All events in the topic Corpo Educativo e o Acervo Videobrasil:


22/05/2022Reviravolta a partir do Educativo - CopyReviravolta a partir do Educativo - Copy
25/05/2022Perspectivas educativas - Copy
26/05/2022Estratégias educativas - CopyEstratégias educativas - Copy
27/05/2022Intercâmbio entre espaço escolar e espaço expositivo - Copy
31/05/2022Trajetos para o olhar - CopyTrajetos para o olhar - Copy
01/06/2022Educador-público - Copy
02/06/2022Entre Espaços - CopyEntre Espaços - Copy
10/06/2022Reflexões sobre territórios, trânsitos e reencenações - CopyReflexões sobre territórios, trânsitos e reencenações - Copy