Skip to content

O Palácio da Pena torna-se numa das residências de verão da família real

1890

O Estado português adquire à condessa d’Edla o palácio e demais propriedades de D. Fernando II em Sintra, ficando esta com o usufruto de algumas, como o chalet construído no parque da Pena. O palácio torna-se a partir então numa das residências de veraneio do neto de D. Fernando II, o rei D. Carlos I (1863-1908), da mulher deste, D. Amélia (1865-1951), e dos filhos do casal: o príncipe real D. Luís Filipe (1887-1908) e o infante D. Manuel, futuro D. Manuel II (1889-1932), último rei de Portugal.

D. Luís Filipe e o Infante D. Manuel II no Terraço do Palácio da Pena, 1902

0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 14/12/2020

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Mosteiro e Palácio:


1372Ermida de Nossa Senhora da PenaErmida de Nossa Senhora da Pena
1503Mosteiro de Nossa Senhora da PenaMosteiro de Nossa Senhora da Pena
1531Retábulo de Nicolau de ChantereneRetábulo de Nicolau de Chanterene
1619Revestimento azulejar da IgrejaRevestimento azulejar da Igreja
31/03/1559Morte de Frei Brás de BarrosMorte de Frei Brás de Barros
30/09/1743Danos provocados por um raioDanos provocados por um raio
1843Construção do Palácio NovoConstrução do Palácio Novo
15/12/1885A Condessa d'Edla herda o Palácio da PenaA Condessa d'Edla herda o Palácio da Pena
05/10/1910De Palácio Real a Palácio NacionalDe Palácio Real a Palácio Nacional
20122014Restauro integral do Salão NobreRestauro integral do Salão Nobre