Em entrevista a O Estado de S. Paulo em 02/04/2017.

02/04/2017View on timeline

"Não, você não pode dar independência. O Banco Central independente sem um coração verde e amarelo no peito dos caras que estão lá dentro, esses caras vindo apenas do mercado financeiro, o presidente da República vai ser refém deles. Se deixar à vontade, toda vez que tiver um refresco na economia, esse pessoal vai inventar uma maneira de ajudar mais o sistema financeiro."

"Vocês (jornalistas) vão bater tanto em mim, que vocês vão fazer minha campanha, porque ainda existe um viés de esquerda em muito colega seu."

"[...] Nós podemos ter uma entrada muito grande da escória do mundo no Brasil, que seria uma minoria. Como se não bastasse nós temos quase 20 mil haitianos nas mãos do MTST em São Paulo, massa de manobras, inclusive o Haddad já cadastrados no bolsa-família…" [o entrevistador pergunta "O senhor acha que essas pessoas, 20 mil haitianos, seriam uma massa de manobra?"] "Você quer trazer o terror para o Brasil. Qualquer um traz com meia dúzia de pessoas, com armas, preparadas e dispostas, com armas de precisão para pegar você a seiscentos metros. É só começar a matar um cara importante, atirar outro acolá, e você cria um terror no Brasil." [o entrevistador pergunta "O senhor acha que os haitianos em São Paulo são isso?"] "Opa, olha só, não fale os haitianos, dentro deles tem uma minoria, pois tem senegalês, tem angolano. Você não sabe, eu sei por falar, o que enfrentar um angolano mascando folha de coca na favela da Maré, no Rio. A polícia não entra apesar de ser plana, não tem nem cota para atirar de cima."

Morreu tarde no meu entender. [...] Olha não interessa [se eram contra a luta armada]. É política de vitimização." (Em entrevista a O Estado de S. Paulo em 02/04/2017, sobre os três integrantes do antigo Partido Comunista Brasileiro (contrário à luta armada) mortos no Centro de Informações do Exército (CIE) em 1975, então sob o comando do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra.)

"[...] uma criança que cresce olhando para dois homens, algo de anormal vai passar na cabeça dela."

"[...] o próprio Agnaldo Timóteo fala que o maior racista é, segundo ele, o próprio negro. E ele diz quando o elemento faz um grupo de pagode e começa a ganhar dinheiro, ele diz que bota uma loirinha embaixo do braço."

"Acabaram com nossa alegria de viver, não pode fazer uma brincadeira,uma piada, tudo não pode, é preconceito. Tá aí as feministas, tá aí o LGBT, as minorias. Uma desgraça no Brasil."

"Qual o tratamento para esse cara que tem de ser dado? 7,62."

"Sem tiro de advertência. Primeiro na testa [...]. Isso pra mim é terrorismo."

"Então você vai combater estuprador com ânus."

"[...] se a Dilma apanhou, foi pouco [...]"



0 comments

Comment

No comments avaliable.

Author

Info

Published in 24/09/2018

Updated in 19/02/2021

All events in the topic Declarações de Bolsonaro:


Invalid DateDurante evento em Rio Branco, em 01/09/2018.
Invalid DateDurante evento em Glicério, em 23/08/2018
Invalid DateDurante passagem por Parauapebas, em 13/07/2018.
Invalid DateDurante passagem por Marabá em 12/07/2018
Invalid DateEm visita à cidade de Belo Horizonte, em 09/05/2018
Invalid DateRádio Jovem Pan - Programa Pânico - 05/02/18
Invalid DateEm entrevista coletiva em Manaus, 14/12/2017.
Invalid DateNo programa Canal Livre, da Band, em 19/11/2017.
Invalid DateFolha de S.Paulo, 30/06/2017.
Invalid DateEm evento no Clube Hebraica em 03/04/2017.
Invalid DateEm entrevista a O Estado de S. Paulo em 02/04/2017.
Invalid DateSobre os insultos a Maria do Rosário. Vice, 27/04/2016.
Invalid DateExame, 08/03/2016
Invalid DateEm vídeo de 05/10/2015
Invalid DateEm entrevista ao Jornal Opção, em 17/09/2015.
Invalid DateEm entrevista ao The Intercept, em 11/12/2014
Invalid DateZero Hora, 10/12/2014.
Invalid DateEm entrevista ao site InfoMoney. em 22/05/2014.
Invalid DateMidiamax. 04/2014
Invalid DateEm entrevista ao El País, em 14/02/2014.
Invalid DateNa Câmara dos Deputados em 11/02/2014.
Invalid DateNo plenário da Câmara dos Deputados em 11/2013
Invalid DateTerra, 16/05/2013.
Invalid DateNa Câmara dos Deputados, em 27/03/2013.
Invalid DateEm entrevista ao programa A Liga, da Band, em 12/06/2012.
Invalid DateEm entrevista ao CQC em 03/2012
Invalid DateSobre esforços de conversão de orientação sexual ou
Invalid DateÉpoca, 02/07/2011.
Invalid DateJornal de Notícias, em 21/06/2011
Invalid DateEm entrevista à revista Playboy. Extra, 07/06/2011.
Invalid DateO Tempo, 22/05/2011
Invalid DateFolha de S.Paulo, 16/05/2011.
Invalid DateJornal do Brasil 05/05/2011
Invalid DateAo programa CQC de 04/04/2011. El País
Invalid DateO Globo, 29/03/2011.O Globo, 29/03/2011.
Invalid DateEm discurso na Câmara dos Deputados em 30/11/2010.
Invalid DateEm entrevista à Folha de S.Paulo, em 25/11/2010.
Invalid DatePara familiares de desaparecidos na ditadura. 28/05/2009.
Invalid DateEm entrevista à BBC News em 08/03/2008Em entrevista à BBC News em 08/03/2008
Invalid DateEm discurso na Câmara dos Deputados, em 08/2003
Invalid DateFolha de S.Paulo, 19/05/2002.Folha de S.Paulo, 19/05/2002.
Invalid DateEm entrevista à revista IstoÉ Gente em 14/02/2000
Invalid DateFolha de S.Paulo, 30/06/1999
Invalid DateFolha de S.Paulo, 03/10/1997.
Invalid DateNa Câmara dos Deputados, em 21/09/1995.
Invalid DateSobre ter sido roubado. Tribuna da Imprensa, 05/07/1995
Invalid DateSobre o Plano RealSobre o Plano Real
Invalid DateSobre Carlos Lamarca. 27/07/1996
Invalid DateEm entrevista ao The New York Times em 25/07/1993
Invalid DateEm entrevista à Folha de S. Paulo em 25/06/1993
Invalid DateNa tribuna da Câmara dos Deputados em 24/06/1993.
Invalid DateFolha de S.Paulo, 21/10/1988
Invalid DateColuna ColunaColuna Coluna
Invalid DateSobre a previdência, Jornal Nacional, em
Invalid DateSobre o desmatamento da Amazônia, em 06/07/2019.
Invalid DateSobre política de planejamento familiar, em 09/08/2019
Invalid Date"E daí?" - sobre as mortes da COVID-19